31 Jan 2024
Compliance e regulamentação na Indústria da Cannabis

Um dos maiores desafios na gestão indústria da Cannabis é a conformidade. As empresas devem seguir um conjunto de protocolos e regulamentos para estar em conformidade com as leis relacionadas ao cultivo, distribuição e uso de produtos da Cannabis. Isso inclui normas de segurança, controlo de qualidade e regulamentações sobre o uso da Cannabis para fins medicinais. Garantir que todos os procedimentos são cumpridos ao longo das várias etapas, é crucial manter a legalidade e a integridade do negócio.

Licenciamento
A obtenção de uma licença é o primeiro passo essencial para iniciar o negócio de maneira legal e segura. Nesse processo, é realizado uma pesquisa minuciosa sobre as regulamentações e requisitos específicos que regem a indústria da Cannabis em Portugal. 
Todos os pedidos de licenciamento são avaliados pelas autoridades competentes, como o INFARMED. As inspeções são estritamente rigorosas, com especial atenção aos padrões de segurança. 
O processo de obtenção de uma licença na indústria da Cannabis em Portugal é demorado, podendo levar vários meses. Durante as inspeções, as autoridades examinam minuciosamente todos os aspetos do negócio, desde a segurança e os procedimentos de cultivo, produção e distribuição. Qualquer não conformidade pode atrasar ou prejudicar o processo de obtenção da licença.

Localização
A escolha da localização adequada para o negócio é um dos aspetos mais críticos do processo de obtenção de uma licença.
Antes de escolher uma localização, é essencial compreender as regulamentações locais relacionadas à indústria, e verificar as zonas específicas onde as operações são permitidas. As instalações devem atender aos requisitos específicos e pode incluir medidas de segurança, controle de acesso e requisitos de armazenamento.

Padrões de qualidade
Garantir padrões de qualidade elevados é uma parte chave do processo de obtenção de uma licença. A qualidade dos produtos da Cannabis é vital para a segurança dos consumidores e o sucesso do negócio. Por essa razão, é fundamental submeter produtos a testes laboratoriais rigorosos. Esses testes são realizados para verificar a qualidade, pureza e potência dos produtos. Eles geralmente incluem análises de compostos ativos, como THC e CBD, bem como a deteção de elementos contaminantes, como pesticidas, metais pesados ​​e micróbios.

Boas Práticas de Fabricação (BPF) 
As boas práticas são um conjunto de diretrizes que devem ser seguidas durante o processo de produção. Elas garantem que a produção seja feita de maneira higiénica, segura e controlada. Os procedimentos abrangem desde o cultivo até à colheita, e do processamento ao embalamento dos produtos.
Os produtos devem ser embalados de acordo com algumas normas especificadas. Isso pode incluir requisitos de rotulagem que informem aos consumidores o conteúdo de THC, CBD, data de validade e outras informações relevantes.

Equipamento e manutenção
Na indústria da Cannabis, os equipamentos de iluminação, irrigação, ventilação e segurança, desempenham um papel crucial na produção, processamento e controlo de qualidade dos produtos. A manutenção adequada desses equipamentos é essencial para garantir a qualidade contínua e que os produtos atendam aos padrões de qualidade. 
Além disso, as empresas devem estar preparadas para receber auditorias regulares das autoridades reguladoras para verificar os padrões de qualidade.

Monitorização e rastreabilidade
Escolher um sistema eficaz de rastreabilidade é crucial para monitorarizar e documentar o ciclo de vida dos produtos. O sistema deve garantir a monitorização da origem de cada lote, as datas de cultivo e colheita, bem como todas as etapas de processamento e distribuição. Esse registo é essencial para identificar qualquer problema de qualidade que possa surgir.

Consultoria de especialista
Para assegurar que todas as normas são cumpridas, é importante as empresas consultem especialistas que possuem um conhecimento aprofundado sobre as regulamentações, tendências e desafios específicos da indústria para construir uma operação sólida e confiável.

Nesse contexto, a widepartner é reconhecida como uma empresa especialista em software de gestão para a indústria da Cannabis, na oferta de soluções que garantem a conformidade com todas as exigências de regulamentação e normas ao longo de todo o percurso.

Sage X3 para Cannabis - Uma única solução para todas as etapas do seu negócio.
Gestão do cultivo, da extração e processamento. 

Com o conhecimento de mercado adquirido através das implementações SAGE na indústria de Cannabis, a equipa de especialistas da widepartner criou uma solução que acompanha todas as etapas das suas operações, desde a semente até à venda,  correspondendo a todas as exigências de regulamentação e conformidade ao longo do percurso. 

A solução inclui recursos e funcionalidades necessárias para ajudar as empresas na gestão das finanças e operações, conformidade, qualidade, rastreabilidade e muito mais. 

O Sage X3 para Cannabis assegura também a compliance operacional, seguindo as boas práticas preconizadas pelo EU-GMP e EU-GACP, uma exigência específica da indústria da Cannabis. Além disso, integra todos os processos de cultivo e produção, desde o plantio e clonagem até a colheita e secagem, extração, processamento e embalagem, marketing e gestão de vendas, gestão de compras, logistica, financeira e contabilidade. Com uma visão abrangente de 360º do seu negócio, o SAGE X3 para Cannabis oferece rastreabilidade e controlo de classe mundial, permitindo uma monitorização rigorosa da qualidade dos produtos.

Saber mais →